domingo, 29 de agosto de 2010

Provérbios Indianos

A Virtude é uma jóia que não tem preço.

A vitória do espírito origina-se da compreensão de que a vida não é o corpo, da mesma forma que a água não é o copo que a contém.

As boas coisas vem quando estamos distraídos.

As virtudes dos homens são semelhantes ao vôo dos pássaros. Não se prenda aos atrativos inferiores. A ave que se habitua com a paisagem rasteira, perde o gosto pela altura.

Assim como as pedras são polidas por atrito , as provações tornam os homens brilhantes.

Guarde alguma coisa para os dias de chuva.

Muitas vezes o silêncio é a melhor resposta.

O ladrão conhece um ladrão assim como o lobo conhece um lobo.

O sorriso que irradiaste a ti retorna.

Os desejos que repousam em seus ombros são como sacos de pedras. Se você não pode passar sem nenhum desejo, esforce-se pelo menos para que eles sejam leves pois terá que carregá-los.

Os vasos que não se enchem de água, cedo transbordam de pó.

Paciência é o melhor remédio para todas as doenças.

Palavras cortam mais do que as espadas.

Pobre são aqueles que não têm talentos; fracos são os que não tem aspirações.

Quando falares, cuida para que tuas palavras sejam melhores que o silêncio.

Saber demasiado é envelhecer precocemente.

Se estão dando, pegue. Se vierem buscar, corra.

Somente o ignorante fica irado; o sábio compreende.

Um segredo é pouco para um, suficiente para dois e demais para três.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário